Provérbios 11:19

Como a justiça encaminha para a vida, assim o que segue o mal faz isso para sua morte.

Play Audio:

Viver uma longa vida está tão ao seu alcance quanto a sua Bíblia. Ela define o que Deus considera certo ou errado (Sl 19:7-11). Se você fizer o que é certo aos Seus olhos, você viverá melhor e por mais tempo; se você rejeitar o conselho Dele e viver uma vida pecaminosa, você sofrerá e morrerá por causa disso (Sl 1:1-6). Cabe a você. A regra deste provérbio é verdadeira. Você não pode alterá-la por quaisquer meios (Pv 11:21; 16:5).

De que maneira você está vivo? De onde você conseguiu vida? Porque você ainda está vivo hoje? A vida não é um evento do acaso! Não lhe perguntaram se você queria viver, mas Deus lhe deu vida como seu Criador. Ele é o Oleiro, e você é o barro. Se você não gosta desta disposição, Ele sugere que você discuta isso com outros pedaços de potes quebrados como você mesmo (Is 45:9-10)!

Evolucionistas chamam babuínos de pais, que significa que aqueles brutos estúpidos e feios estão mais próximos deles nas características e sabedoria! Mas Deus criou todas as coisas e deu vida ao primeiro homem, de uma maneira que uma criança pode aprender e entender (Gn 1:1; Hb 11:1 e 3). O único “big bang” (grande explosão) que ocorreu neste universo foi o que aconteceu quando Deus disse, “Haja luz!”

Deus lhe deu a sua vida, e Ele deu aos babuínos as vidas deles, que explica porque você é você, e eles continuam sendo babuínos. Se Deus deu a você a sua vida, Ele tem o direito de determinar como você vive; Ele tem o direito de tirar a sua vida; e Ele tem o direito de estender a sua vida com bênçãos. O provérbio é verdadeiro. Seu futuro depende de que maneira você obedece às Suas palavras.

Esta regra é tão verdadeira e de peso que Salomão a repetiu várias vezes – justiça aumenta a vida; a maldade encurta a vida (Pv 3:2,16; 4:10; 8:36; 9:11; 10:16,27; 11:4; 12:28; 19:23). Tendo aprendido esta sabedoria, o seu dever, então, é claro – aprenda a justiça da Bíblia e viva-a; identifique e rejeite os estilos de vida do mundo à sua volta. É simples!

Se você não crê no provérbio, você já é um insensato a caminho da morte. Verifique a expectativa de vida de “rappers” e de “rockers”, que se deleitam em suas maldades grosseiras. Leia os avisos da Bíblia contra a embriaguez e considere todos os meios pelos quais ela encurta a vida … acidentes de veículos, falência do fígado, perda de empregos, brigas, falas provocativas, etc.! Porque os homens da Rússia vivem 16 anos menos do que os seus pares norte americanos? O abuso da vodca é uma razão; ateísmo nacional é outra; e desesperançados pensamentos comunistas é a terceira. Torne-se um atuário da Bíblia!

De que maneira o pecado mata? De muitas maneiras! Ele aumenta o número de acidentes por assumir insensatos riscos. Ele provoca outros à raiva e à vingança. Ele traz o pecado capital por certos crimes. Ele expõe homens a doenças e enfermidades. Ele conduz à associação com homens perigosos. Ele traz o juízo sobrenatural de Deus. Ele rouba a alegria, a esperança, a paz, e a vitalidade da alma.

De que forma a justiça tende para a vida? Ela produz contentamento e paz para a alma. Ela traz as bênçãos sobrenaturais de Deus. Ela leva à associação com homens prestimosos e pacíficos. Ela evita as doenças do pecado. Ela não é crime merecedor da pena capital. Ela coloca até homens perigosos em paz com você. Ela reduz acidentes através da cautelosa prudência.

Alguns pecadores vivem longas vidas, e alguns homens justos morrem jovens. Qual a razão? Você vai zombar do provérbio (Pv 13:1; 14:6; 26:12)? Deus considera muitos fatores quanto à duração da sua vida. Este provérbio é um dos fatores principais. Ele pode levar um homem justo cedo por misericórdia (Is 57:1-2). Ele pode permitir a um homem perverso uma boa porção antes que venha o tormento eterno (Sl 17:14).

O mundo gasta bilhões buscando uma extensão de vida através de remédios, exercícios, nutrição e outros fatores secundários, mas os homens sábios se regozijam com este provérbio e fazem dele o seu principal objetivo de vida (Ec 12:13-14). Eles se deleitam na promessa de Deus em conceder uma boa e prolongada vida para aqueles que simplesmente honrarem os seus pais (Êx 20:12; Dt 5:16; Ef 6:2-3). É simples!